Cobra Norato - lenda amazônica em releitura modernista

O escritor Raul Bopp se inspira na lenda amazônica para escrever o poema Cobra Norato, uma das obras mais importantes do modernismo brasileiro, publicada em 1931. Numa edição de 1937, o poema de Bopp ganha a companhia das xilogravuras de Oswaldo Goeldi, que passou praticamente toda infância em Belém e estava por isso familiarizado com o ambiente amazônico.