BBM no VestibularBBM DigitalO blog da BBM é um espaço de aproximação do público com a biblioteca, seu acervo e os trabalhos desenvolvidos por ela.Estudos e análises sobre autores e obras do acervo da BBM.Pesquise nos dicionários de língua portuguesa e de medicina popular dos séculos XVIII e XIX disponíveis no acervo digital da BBM.

Editores artesanais: O Gráfico Amador na Brasiliana

Uma editora é considerada artesanal quando suas tiragens são baixas e os processos de impressão não são industriais, trazendo à tona a manualidade do trabalho em cada exemplar. O Gráfico Amador foi uma editora artesanal que existiu no Recife na década de 50, fundada por Aloisio Magalhães, Gastão de Holanda, José Laurenio de Melo e Orlando da Costa Ferreira, e suas publicações são um marco do design editorial brasileiro unido à literatura.

Revistas modernistas: Verde

A revista Verde foi criada em setembro de 1927 por um grupo de escritores muito jovens em Cataguases, interior de Minas Gerais. Ficou em circulação até maio de 1929. Verde foi um importante meio de divulgação de novos autores e novas ideias estéticas e literárias. Ela faz parte do seleto grupo de revistas modernistas editadas no Brasil ao longo da década de 1920, como Klaxon, Revista de Antropofagia e Estética.

AVISO: Funcionamento da biblioteca no fim do ano

Informamos que não haverá funcionamento na biblioteca no período de 21 de dezembro de 2018 a 01 de janeiro de 2019.

As atividades serão retomadas em 02 de janeiro de 2019.

Páginas

Subscrever BIBLIOTECA BRASILIANA GUITA E JOSÉ MINDLIN RSS