3 vezes 22

Logo 3 vezes 22Ao completar o bicentenário da Independência e o centenário da Semana de Arte Moderna no ano de 2022, abre-se oportunidade para refletir e redimensionar a história da nossa formação – do Estado e da Sociedade, assim como da cultura histórica brasileira. O projeto 3 vezes 22 não será apenas a celebração de duas datas canônicas, mas uma tentativa de entrecruzar as temporalidades da Independência (1822), do Modernismo (1922) e da história do nosso tempo presente (2022). A reflexão crítica mediada pelos desafios do presente contemplará o legado deixado pelas narrativas sobre o movimento modernista e os projetos de construção da nação. O projeto 3 vezes 22, portanto, vale-se do rico material conservado pela Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin para encontrar nos documentos, nos livros e nos autores esquecidos e renegados pelas vertentes dominantes de nossa historiografia as evidências, as perspectivas e as interpretações que possam contribuir para a análise de nossa história, projetando questões que possam nortear a construção de um novo horizonte de autonomia, ao menos no plano da cultura e da ciência.

AFETO E CONVICÇÃO - Uma homenagem a Antonio Candido de Mello e Souza (1918-2017)

Antonio Candido foi um dos grandes nomes da crítica literária e ensaística brasileira. Deixou como legado uma obra volumosa e profícua, desenvolvendo um potente método de análise que relaciona literatura e sociedade, método que se mantém atual, infundindo vigor no campo dos estudos literários. Legou também importante contribuição no campo do pensamento social brasileiro.

Para além da obra, permanece a memória da singular figura humana de Antonio Candido. Um mestre devotado à ampla partilha do conhecimento e da própria experiência de vida, dotado de profundo compromisso ético com a humanidade e com a construção de uma sociedade digna.

Neste ano de 2018 em que completaria cem anos, o Sesc presta homenagem a Antonio Candido por meio de um ciclo de palestras que almeja focalizar seu legado, voltando-se para aspectos da contribuição do crítico na cultura e sociedade brasileiras. As mesas-redondas evidenciam o seu importante papel como professor/intelectual, a interação com personalidades e instituições, a militância socialista - recortes que consideramos relevantes para entender a envergadura do crítico e de sua presença em nosso tempo.

Curso "Saberes, Representações e Mitos sobre a Independência"

De 04 a 27/06/2018. Segundas e quartas, das 19h às 21h.

Valores: R$ 18,00 - credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes; R$ 30,00 - pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública com comprovante; R$ 60,00 - inteira

Local: Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo (Rua Dr. Plínio Barreto, 285, 4º andar - prédio da Fecomércio SP - Bela Vista - São Paulo - SP) 

Prêmios 3 vezes 22 de teses e dissertações: “Bicentenário da Independência do Brasil” e “Centenário da Semana de Arte Moderna”

A Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin – BBM/USP, por meio do projeto 3 vezes 22, institui os Prêmios de teses e dissertações “Bicentenário da Independência do Brasil” e Centenário da Semana de Arte Moderna”, no intuito de valorizar trabalhos que apresentem novas e relevantes contribuições sobre essas duas simbólicas datas de nossa história.

Seminário História e Historiografia do Trabalho Escravo no Brasil

Seminário História e Historiografia do Trabalho Escravo no Brasil

Dias 15, 16 e 17 de maio de 2018

Local: Auditório Nicolau Sevcenko do Departamento de História da FFLCH-USP

Av. Prof. Luciano Gualberto, 403 - Cidade Universitária

 

O evento faz parte do Projeto 3 vezes 22, é gratuito e aberto ao público.

Haverá certificados para os participantes e ouvintes.

Inscrições no local.

Contamos com a sua participação.

Seminário "Liberdade de imprensa? A aventura dos primeiros redatores da província do Maranhão"

A Direção da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin convida para o Seminário "Liberdade de imprensa? A aventura dos primeiros redatores da província do Maranhão", a ser realizado no dia 21 de março de 2018, às 10h, na Sala Villa-Lobos da Biblioteca. 

O evento faz parte do Projeto 3 vezes 22, é gratuito e aberto ao público.

Contamos com a sua participação.

 

NOTÍCIAS NA MÍDIA

09/02/2018 - Evento em São Paulo discute a Semana de Arte Moderna de 1922:
23/11/2017  - USP comemora a Independência e a Semana de Arte Moderna:

SEMINÁRIO SEMANA DE 22: OLHARES CRÍTICOS

De 21 a 24/02/2018. Quarta a sábado, das 14h às 18h.

Valores: R$60,00 (inteira); R$30,00 (Aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor da escola pública com comprovante); e R$18,00 (Trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e seus dependentes).

Local: Centro de Pesquisa e Formação do Sesc São Paulo (Rua Dr. Plínio Barreto, 285, 4º andar - prédio da Fecomércio SP - Bela Vista - São Paulo - SP) 

Colóquio 1817: Pernambuco, o Brasil e o mundo

28 de novembro de 2017, 14h-18h

Sala Villa-Lobos, BBM/USP

A hora e a vez de Clarice: quarenta anos de A Hora da Estrela, de Clarice Lispector

24 de novembro de 2017, 9h00-12h00

Sala Villa-Lobos, BBM/USP

Subscrever 3 vezes 22