No Calidoscópio da Diplomacia: Formação da Monarquia Constitucional e Reconhecimento da Independência e do Império do Brasil de 1822 a 1827

Autor: Guilherme de Paula Costa Santos

Título: No Calidoscópio da Diplomacia: Formação da Monarquia Constitucional e Reconhecimento da Independência e do Império do Brasil de 1822 a 1827

Distribuição: Edusp

ISBN: 978-65-87936-11-6

Editora: Publicações BBM

Ano de publicação: 2022

Número de páginas: 464

Dimensões: 14x21 cm

Preço: R$102,00

As negociações diplomáticas para o reconhecimento da Independência e do Império do Brasil constituem o tema central deste livro. Fruto de uma tese de doutoramento, a obra busca compreender as tratativas diplomáticas em torno da independência a partir das vicissitudes e fragilidades políticas vivenciadas pelo governo de D. Pedro i no Rio de Janeiro. Pela confrontação de fontes diplomáticas produzidas em diferentes partes do Atlântico — Rio de Janeiro, Lisboa e Londres — a obra delineia a difícil trilha percorrida pelos agentes do gabinete D. Pedro na Europa que buscavam a todo custo o reconhecimento internacional do governo do Rio. Entretanto, questões discutidas nas mesas internacionais apresentaram-se muitas vezes como rastilho de pólvora nos debates políticos do Brasil. Abolição do tráfico de escravos e possibilidade de uma Monarquia dual, entre outros temas, motivaram disputas e dissenções em torno do governo que se formava ao redor de D. Pedro no Rio de Janeiro. Nesse jogo em que se cruzam proposições externas com desafios e divisões políticas internas, o livro lança luz na atuação do gabinete do Rio de Janeiro ao longo da década de 1820. Na busca por obter o reconhecimento internacional e, assim, enquadrar-se plenamente nas trocas reguladas pelo livre mercado, o governo de D. Pedro i assumiu compromissos, desrespeitou acordos e agiu isoladamente em muitas ocasiões. Das questões internacionais, portanto, é possível acompanhar os dilemas, as lutas, as dificuldades e as contradições da ação política liberal que pautou a construção do Estado Nacional brasileiro no início do século xix. Guilherme de Paula Costa Santos é bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo e dedica-se aos estudos sobre história do Império do Brasil. Atualmente também é professor de ensino superior e na educação básica.

Na Calidoscopio da Diplomacia